Festivais, Mostras e Afins

02/03/2017 10:00

MOSTRA VAI EM MOVIMENTO

Mostra VAI em Movimento

(Contemplados na 13ª edição do Programa VAI - Valorização a Iniciativas Culturais para a cidade de São Paulo/2016, da Secretaria Municipal de Cultura)

Março começa no CRD com a Mostra VAI em Movimento, que apresenta trabalhos contemplados na 13ª edição do Programa de Valorização a Iniciativas Culturais para a cidade de São Paulo/2016, da Secretaria Municipal de Cultura. Com exposição, oficinas, exibição de documentário, espetáculos e intervenções urbanas, a Mostra deste ano abre espaço para a participação de artistas e núcleos residentes e colaboradores do CRDSP.

 

Exposição

De 2/03 a 11/03 (segundas, das 13h às 21h; terças a sábados, das 10h às 21h)

"Graus"

Cia Com[som]antes

"Graus" enfoca o projeto de 2016 da Com[som]antes Cia. de Arte, que abrange os silêncios de "Cisza" (2012-2014) e a relação de violência entre os animais humanos e não-humanos tratadas nos trabalhos "Mar de leite" ou "Ponto Cego" (2015-2016). Não estão presentes as danças das peças, mas  imagens que fizeram a dança acontecer e de como o corpo se utiliza de outras linguagens artísticas, das artes visuais à moda, para gerar diferentes maneiras de expressão por meio de materiais audiovisuais, sonoros, esculturais, fotográficos e têxteis. A mostra faz um retrospecto dos cinco anos da companhia,  como forma de retornar à origem, notando o que dessa jornada culminou no surgimento das obras. O que ficou impresso no corpo de cada intérprete?

Artistas: Ângela Sauerbronn, Camila Pan, Harrison Rodrigues, Lucas Lopes, Thais dos Reis e Wellington Al.

 

 

Oficinas

Dia 2/3 (quinta) 17hs

Oficina de compartilhamento de processo de criação

"Mulheres na Cena: Quando seus olhos me tocam"

Grupo Mulheres na Cena

A oficina tem como objetivo compartilhar procedimentos adotados na construção do espetáculo "Mulheres na Cena: Quando seus olhos me tocam", incluindo jogos de cena e improviso.

Com: Antonio Carvalho, Bárbara Alves, Ingrig Odete, Jakeline Pinheiro e Tamiris Maróstica.

 

 

Dias 6, 7 e 8/3 (segunda e terça, das 18h30 às 20h30; quarta, a partir das 12h30)

Oficina de Intervenção Urbana "Entre Elas"

[ELAS] Coletivo

(Colaboração Artistas Residentes CRDSP)

A oficina é dirigida e mulheres interessadas nas questões do universo feminino, preferivelmente com alguma vivência corporal, e com o pré-requisito de ter tempo disponível para participar dos três encontros, sendo dois de oficina, e o último, a intervenção urbana.

 

Dia 8/3 (quarta) 16hs

Oficina de compartilhamento de processo de criação

"La Loba"

Grupo Raízes

O Grupo Raízes, dirigido por Adriana Gerizani, compartilha a experiência da preparação corporal, dos procedimentos e exercícios utilizados no processo de criação do espetáculo "La Loba", inspirado no livro "Mulheres que correm com Lobos", de Clarissa Pinkola Estés.

 

 Espetáculos

Dia 2 (quinta) 19h

"FL U  T   U     A       Ç     Õ         E               S"    

Ca.Ja

Impermanência

Não é homem, não é bicho. Luminescências e relampejos. Frestas recheadas. Revelam-se então outros seres, flutuantes esquecidos, em extinção, existência,

re    s  i   s     t    ê   n   ci   a. Qualidades individuais de flutuação, a potência advinda do fazer, o corpo expandido em pele, osso e células. De nós para o mundo,

a t em p   o r  a    l     i      d       a      d   e...

Sobre tentativas,

pequenas miudezas,

levezas,

multiversos,       

fl u  t       u       a      ç        õ        e            s...

Um convite para repousar sobre. Estar dentro. Degustar. Outro verso do mesmo mundo. Multiverso. Prosas coloridas. Acesas. Corpo desforme. Conforme o bailado, encontra. Atravessa. Está.                                                               

Yasmin Ribeiro

 

Dia 3 (sexta)

19h – "Mulheres na Cena: Quando seus olhos me tocam"

Grupo Mulheres na Cena

A pesquisa em dança contemporânea 'Mulheres na Cena: Quando seus olhos me tocam' questiona as imagens estéreis sobre o corpo da mulher. Os trajes de doce, meiga, altruísta e materna já não nos vestem. Olhares violentam literalmente nossos cabelos, pelos, seios. É a cultura do estupro, da qual o patriarcalismo se recusa a falar. Nosso grito por espaço ecoa agudo e estridente, decidido e certeiro como um corte de facão.

 

Dia 3 (sexta) 20h  

"Disforme"

O Composto Macula

 "Disforme" aborda as diferentes maneiras de se afetar pelos acontecimentos e informações. É uma reflexão sobre a trajetória do corpo, constantemente transformado a partir da sua relação com o mundo.

 

Dia 4/3 (sábado) 15h

Espetáculo "Dança em Quadrinhos Vol.2"

Grupo Animatrix

Em "Danca em Quadrinhos", personagens de histórias em quadrinhos, filmes, séries, desenhos, animes e jogos difundem, por meio de jogos cênicos, interpretações e muito humor, cinco modalidades de danças urbanas: o popping, o locking, o breaking, o hip-hop e o lagartixa.

 

Dia 4 (sábado) 19h

"Cartas à Casa de Pó"

Dentre Nós Cia de Dança

"Cartas à casa de Pó" parte do estudo da personalidade de cada intérprete, numa análise comparada com os personagens da peça de teatro "A casa de Bernarda Alba", do escritor espanhol Federico Garcia Lorca. Trazendo a figura feminina em seu estado de delicadeza, fraqueza, resistência e potência, a peça mostra a importância de sentir-se pertencente a algo ou alguém para se existir.

 

Dia 8 (quarta) 11h

"Linha de Fuga" – Intervenção urbana

Coletivo Válvula

(Vale do Anhangabaú)

"Linha de Fuga" parte do diálogo da dança contemporânea com a filosofia e as artes plásticas. "Estudo segundo o retrato do Papa Inocêncio X", de Velázquez (1953) e "A criança paralítica andando de gatas", de Francis Bacon (1961) serviram de propulsão para a poética do movimento. Associado a essas imagens, está o pensamento de Gilles Deleuze, por meio do qual foram abordados os conceitos de "atual" (vida cotidiana), "virtual" (processos de desconexão com a vida cotidiana) e "possível" (sonhos e possibilidades). A partir daí, o trabalho busca levantar a seguinte questão: "o que te desconecta do mundo?".

 

Dia 8 (quarta) 12h30

"Manifestação Poética" – Intervenção Urbana

[Elas] Coletivo

(Colaboração Artistas Residentes CRDSP)

Desde muito cedo, a mulher é ensinada a se comportar e seguir padrões sociais, ter seu corpo e seus gestos controlados, contidos, moldados.O núcleo Entre Elas  convida mulheres para uma ação-diálogo de seu próprio corpo na cidade, a fim de discutir as imagens da mulher frente à sociedade. Inspirado nas personagens literárias de Ofélia, tanto da obra "Hamlet", de Shakespeare, quanto da obra "Hamlet-Machine", de Heiner Müller, o Coletivo trabalha com a potência das micromovimentações no espaço urbano e busca enxergar a riqueza das possibilidades nos olhares da e para a mulher, a partir da investigação do corpo na fronteira dança/performance.

 

Dia 8 (quarta) 19h

"La Loba"

Grupo Raízes

O conto "La Loba" contido no livro "Mulheres que correm com os lobos", de Clarissa Pinkola Estés, mergulha na psiquê da mulher. Muito se discute sobre os direitos das mulheres, porém, as reflexões continuam ocupando um lugar raso e estereotipado perante o significado e a dignidade desses "direitos". Ser guerreira, ser forte, sábia, inteligente, independente, ser amável, amorosa, amante, ser valente, militante, sagaz, vulnerável, frágil, ser determinada, destemida, tolerável e tolerante, ser equilibrada, cuidadora, prática, organizada, administradora, ser coerente, consciente, ser adulta, ser criança, ser mãe, ser filha, ser mulher... são apenas algumas das características destinadas à condição de ser mulher. Tentar sintetizar um pouco disso para entender nossa própria La Loba e transformar em manifestação expressiva, é o desafio do Grupo Raízes.

 

Dia 9 (quinta) 19h

"Forest" – Anikaya Dance Theater

(Colaboração de Artistas Residentes CRDSP + Colaboração Internacional)

A floresta é um espaço importante na mitologia e psique humana. A falta de respeito do homem para com a natureza gera desequilíbrios, colocando o lugar da floresta em risco. 'Forest' nos leva de volta a este espaço sagrado, em constante evolução, lembrando-nos do seu poder e de sua fragilidade.

 

Dia 10 e 11/3 (sexta às 17h e sábado às 14h)

"O que restou do branco"

Coletivo Ana Maria Amarela

Com "O que restou do branco", o Coletivo Ana Maria Amarela suja, literalmente, um dos símbolos máximos da família heteronormativa tradicional: o vestido de noiva. Tendo a imagem da noiva como emblema de uma família regida por preceitos morais, moralistas e moralizantes, o espetáculo transborda em movimentos, questões de gênero, empoderamento das lutas LGBTQs e questionamentos desse branco soberano.  

 

Dia 10/3 (sexta) 19h

"É bom é ruim é gostoso é dolorido"

Coletivo Perdido

O espetáculo aborda algumas questões de gênero que circundam o masculino e o feminino. Que pele se veste e se performa a favor da normalidade? Quais as possibilidades de transformação da ordem vigente e dos estados do corpo?

 

Dia 11/3 (sábado) 18h

Fragmento do Espetáculo "Cubo Tóxico" 

Cia Fusos

Cubo Tóxico direciona o olhar para as questões ambientais que afetam a população, como a poluição dos rios e córregos, o contato próximo com os gases que são liberados, como uma cortina de ar poluído, que, involuntariamente, afetam o nosso sistema respiratório. O trabalho convida as pessoas a refletirem a respeito do cenário urbano ao seu redor para uma mudança coletiva em relação ao meio ambiente.

 

Dia 8/3 (quarta) 19h

"Carmen" – Coletivo Calcâneos

"Carmen" é uma tentativa de produzir sensações e percepções de o quanto todo ser humano está sujeito a vivenciar processos de afetos liberadores. Expressar um sofrimento torna-se um ato de resistência; perante desafetos, escombros e detritos, o "suicídio da personalidade" surge como existência, como forma de se situar no mundo. 


Telefone: (11) 3214 3249

Email: centrodereferenciadadancasp@gmail.com

Endereços: Baixos do Viaduto do Chá s.n., Galeria Formosa – Centro - CEP 01037-000 São Paulo/SP

Horário de Funcionamento
Segunda-feira: 13:00 às 21:00
Terça à Sexta: 10:00 às 21:00
Sábado: 10:00 às 20:30
 
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo