Festivais, Mostras e Afins

22/07/2015 10:00

ABCDANÇA 2015

ABCDANÇA 2015 - 10 ANOS

Em sua 10ª edição, o Projeto ABCDança circula pelas 7 cidades da região do ABCD Paulista e capital São Paulo, propondo uma diversificada programação de dança em seus múltiplos estilos, que envolve espetáculos, intervenções, cursos, oficinas, exposições, fóruns e diálogos. A programação acontecerá no período de junho e julho de 2015, e, seguindo a proposição do festival, prioriza as obras e artistas da dança das cidades de Diadema, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e São Paulo. As atividades são gratuitas. O ABCDança 2015 – 10 anos é uma iniciativa da Associação Projeto Brasileiro de Dança e Companhia de Danças de Diadema, e neste ano tem apoio do ProAC (Festivais de Artes), da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo através da Cooperativa Paulista de Dança, das prefeituras das cidades envolvidas e do SESC SP.

 

 

EXPOSIÇÃO

Dia 22/07(quarta-feira)

“20 anos – Companhia de Danças de Diadema” organização do fotógrafo Paulo César Lima.

Visitação: Terça à Domingo, das 10 às 21h, até 31 de julho.

 

OFICINA

Dia 22/07 (quarta-feira) 19h 

“Visualidades da Dança” - Fábio Jota | Modalidade: Oficina teórica e expositiva

O Pesquisador Fabio Jota apresenta um bate papo sobre a inter - relação entre o audiovisual e a dança através de diferentes processos artísticos na contemporaneidade presentes na videodança, videoarte, videoperformance, cinema experimental e registros de 13 experiências coreográficas e performaticas com o uso de projeções em palco e espaços alternativos. 

 

ESPETÁCULOS e INTERVENÇÃO

Dia 23/07 (quinta-feira) 21h

Platô iNSAiO Cia de Arte

“Ninguém entra num mesmo rio uma segunda vez. Pois quando isso acontece, já não se é o mesmo; assim como as águas, que já serão outras.” (Heráclito de Éfeso, filósofo) Corpos que se reencontram no tempo e no espaço. Trajetos que se acompanham por muito tempo, desviam e voltam a se tocar. Pensar as diferenças enquanto caminhos traçados. É no cruzamentos da textura destes diversos discursos que delicadezas e memórias criam o desejo de outras perspectivas. Não se parte mais de onde parou. É preciso haver inversões, reversões, um outro tempo. “É no cume da montanha que o percurso começa.” (Michel Serres)

 

Dia 24/07 (sexta-feira) 21h

Bolero Cia Perversos Polimorfos

“Bolero” é uma performance da Cia Perversos Polimorfos para a música “El bolero” do compositor Maurice Ravel, interpretado pelo bailarino colombiano Maurício Flórez Raigoza, atualizando a coreografia “Arrojo” do venezuelano Luis Viana, sob direção de Ricardo Gali. Teve sua estreia em novembro de 2014 no SESC Pinheiros em São Paulo e apresentações em Medellin/COL e em Paris/FRA. Dia 24, sexta-feira, 21h30

 

Dia 24/07 (sexta-feira) 21h

Ser Híbrido Corpo Único

Livremente inspirado na obra “Orlando” de Virgínia Woolf, onde a personagem passando por diversas situações; amorosas, políticas e poéticas sofre modificações psicológicas e físicas se transformando em mulher. O homem contemporâneo a cada dia se torna mais mutante e muito disso se dá mais pela necessidade de se enquadrar em um ambiente, do que pelas suas vontades. Instigado por essas transformações, Ser Híbrido tem por objetivo revelar esse corpo contemporâneo em suas diversas situações, onde o mundo externo interfere de forma direta em sua vida.

 

Dia 25/07 (sábado) 21h

Cisza - o último silêncio é a morte Com[som]ante Cia de Arte

“Cisza - o último silêncio é a morte” é um espetáculo que percorre linguagens artísticas, enfatizando a dança. Seu embrião surgiu em 2012, em um Laboratório de Criação proposto pelo Projeto Núcleo Luz e pôde amadurecer e ganhar força através do incentivo do Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais – VAI 2014. O espetáculo aborda múltiplas relações com o silêncio e, consequentemente, com o som. Desde a busca da quietude externa até uma decorrente colisão com a calmaria do âmago. O foco dessa dança não está apenas nos extremos pontuados, mas sim em seus entremeios.

 

Dia 26/07 (domingo) 17h

FÓRUM: “Entre águas: um encontro entre a tradição afro-brasileira e a dança clássica indiana” - Irani Cippiciani

Na palestra “Entre águas: um encontro entre a tradição afro-brasileira e a dança clássica indiana”, Irani Cippiciani discorre sobre o papel e as possíveis contribuições da Tradição dentro do universo contemporâneo em dança, partindo do processo de criação do espetáculo ‘Orè Yéyè O, Oxum Tarangam’, coprodução Brasil/Índia, que une a técnica da dança clássica indiana ao riquíssimo universo cultural brasileiro. 

 

Dia 26/07 (domingo) 19h às 21h

Batalha Locking de B-boys e B-girls – Colaboração: Chemical Funk 


Telefone: (11) 3214 3249

Email: centrodereferenciadadancasp@gmail.com

Endereços: Baixos do Viaduto do Chá s.n., Galeria Formosa – Centro - CEP 01037-000 São Paulo/SP

Horário de Funcionamento
Segunda-feira: 13:00 às 21:00
Terça à Sexta: 10:00 às 21:00
Sábado: 10:00 às 20:30
 
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo